Caixas personalizadas para seus games do coração

Tudo o que Daniel Morais queria era ser um ferreiro. Mas já que não podia forjar espadas, escudos e lanças como nos RPGs, ele decidiu unir o seu lado artístico e aptidão por trabalhos manuais com a paixão por games. Assim começou a criar essas incrivelmente detalhadas e personalizadas caixas com Mario, Link e Pokémons estampados.

“Gosto de arte e gosto de games, tentei juntar os dois em algo diferente”, fala Daniel ao Kotaku. Não só é diferente, mas também criativo e, por assim dizer, quente. A técnica que Daniel utiliza para desenhar na madeira das caixas é chamada de pirografia, que significa literalmente “escrita com fogo”.

Para gravar os desenhos na madeira,  ele utiliza um aparelho parecido com uma caneta. “É o pirógrafo, uma espécie de caneta, que no lugar de tinta a sua ponta libera calor em diversos níveis diferentes. Uso isso para queimar a madeira até conseguir os tons necessários para compor a imagem”, explica.

Todo o processo para a caixa ficar pronta é feito a mão e divida em várias etapas. Daniel explica que depois de preparar o pirógrafo, ele faz a gravação da arte, coloca verniz na parte externa para fixar o desenho na madeira e, por fim, prepara a parte interna com veludo.

Mario progresso

O resultado pode ser apreciado nas imagens.

caixa_okami

caixa_pokemon

caixa_mario_2

Mario. Okami. Link. Pokémon. Daniel trabalha as suas personalizações principalmente com os clássicos, já que é algo que ele realmente gosta e conhece. “Isso me permite colocar alguns detalhes que fazem a diferença, aquele toque de fã para fã”, comenta.

Para quem já imagina guardar os cartuchos antigos nelas e ficou louco para saber onde comprar essas peças, é bom não se apressar. Como as caixas são feitas de forma artesanal e tudo ainda é mais um hobby do que propriamente um negócio, Daniel diz que todos os trabalhos até agora só são feitos sob encomenda. “Como demora um pouco para fazer, não tenho ‘estoque’ ou algo assim. Às vezes faço um modelo por que quero, ou atendo alguma encomenda”, diz.

Esse também é o motivo para elas não terem um preço fixo. “O preço varia de acordo com tamanho e arte. A do Mario foi vendida a R$ 160, a do link, apesar de ser bem menor, também vendi por R$ 160, porque a arte dela é mais complexa”, diz.

No entanto, quem já quiser ir conversando com ele, pode acessar a página do Facebook do projeto e entrar em contato.

No fim, essas caixas podem guardar algo mais do que só objetos. “As pessoas acabam querendo um baú desses mais pelas memórias que ele trás do que simplesmente para guardar algo dentro”, diz. Uma caixa personalizada com as nostalgias de cada um.

Via Kotaku


  • leonardo

    nao consigo acessar a pagina do face dele, quero o box

Passa o Controle