Dicas e truques para jogar seu vídeo game portátil na rua

Já tem um tempo que venho reparando na minha rotina, em como tenho vários tipos de cuidados jogando portáteis. Eu saio de casa pra trabalhar às seis da manhã, e chego às vinte da noite, passo em media quatro horas por dia dentro de ônibus. Entre a ida e vinda do trabalho percebi, que um dos meus grandes companheiros são os portáteis.

Como jogo todo dia, existe uma arte em jogar na rua, e que pode parecer bobeira, mas não é tão simples. Aprimorei esta arte Jedi Gamer durante os anos e agora vou compartilhar com você.

Mas antes de tudo vamos para o básico. O que é um vídeo game portátil? Um console portátil é um vídeo game em dimensões reduzidas que se constitui, do controle, tela e caixas de som no seu corpo. Os primeiros modelos surgiram nos meados de 1977, e já tivemos vários modelos de portáteis, porem foi com Game Boy que o conceito Video Game Portátil veio à tona com sua maior força.

Hoje em dia você pode ter vários modelos de portáteis inclusive usando seu smathphone para jogar. Sendo assim não é difícil achar alguém com a cara colada em uma telinha em meio às filas de banco, ou no ponto de ônibus, avião… os lugares são infinitos.

Sempre tive portáteis e sempre os carreguei para todo o canto. E olha que levo a ideia de vídeo game portátil a serio. Só jogo na rua mesmo, ou seja, se é portátil tenho que jogar fora do meu ambiente de console de mesa.

Agora vamos a parte difícil da coisa que é usar o portátil no seu dia a dia.

Como sabemos, moramos em um país onde é um pouco difícil você ter seus bens e poder andar tranquilamente na rua sem medo de ser roubado. Então alguns cuidados são essenciais para que você não perca seu grande amiguinho eletrônico.

Filas de Banco

Essas são tranquilas, enquanto você aguarda chegar sua vez, pode-se sacar seu vídeo game e matar o tempo sem maiores problemas. Mas é sempre bom ficar atento, pois um larápio pode estar de olho no seu querido portátil e tentar passar a mão mais tarde. Certa vez estava eu jogando o PS Vita na fila do banco e um camarada que estava na minha frente começou a puxar assunto sem nexo. Ele viu que eu estava jogando e que estava com o fone de ouvido, ou seja, eu não podia ouvi-lo. Mas insistia em fazer contato para quem sabe “fazer amizade” e depois querer me surrupiar o vídeo game. Eu fechei a cara, não dei bola, e fiz um grande macete, que é bom sempre lembrar. Caso perceba que esta sendo monitorado por alguém da forma que me aconteceu, quando chegar sua vez, não hesite. Vá ao caixa e faça o que tem que fazer, depois sente-se em algum lugar do banco e fique olhando a pessoa que você percebeu estar lhe monitorando. Veja se ela foi embora ou não, marque literalmente um tempo no banco. Passe de uma ou duas fases para acalmar os ânimos e se perceber algo estranho assim mesmo, como por exemplo, a pessoa rondando o banco pelo lado de fora, avise aos seguranças. Quando sair do banco, olhe sempre ao redor para que não seja surpreendido. Muitos bandidos ainda acham que vídeo games portáteis são joias raras e podem valer muito.

Trabalho

Taí o meu lugar predileto pra jogar meus portáteis, a hora do almoço é perfeita pra isso. Caso você almoce rápido, da pra sentar em um lugar tranquilo, colocar seu fone de ouvido e matar o restante da hora do seu almoço, derrotando os inimigos virtuais. Existem empresas que liberam o Wi-Fii, então é uma porta cheia pra você jogar on line.

Outra boa pedida é reunir os amigos do trabalho que possuem o mesmo portátil e fazer um multiplayer local via Ad Hoc. É divertidíssimo juntar os amigos do job e se divertir após o almoço. Isso ajuda bastante a desestressar para a o retorno do almoço e por consequência voltar a trabalhar.

Ônibus

Os ônibus são lugares onde se mais joga vídeo game portátil, mas aqui tem uma arte um pouco mais complicada. Se você tomar um ônibus de paradas curtas, aqueles que param em todo ponto, eu não aconselho a sacar seu querido amigo portátil e jogar. Pois fica mais fácil pros carcarás sanguinolentos, lhe roubarem e saírem rápido. No meu caso, eu viajo em ônibus de longas viajem. Tomo o ônibus e depois que ele atinge as avenidas principais eu começo a jogar. Passo pela Avenida Dutra e Avenida Brasil e só paro uns 30 quilômetros depois, nesse caso olho como esta o movimento das pessoas do ônibus e depois retiro meu vídeo game da mochila e fico lá matando meu tempo e passando de fases.

O mais difícil do ônibus é aprender a jogar com o balançar… nossa como isso é difícil! No inicio você estranha bastante, pois é difícil mesmo, jogar com as sacolejadas da viajem. Mas depois de certo tempo você pega a manha e vai jogando sem maiores problemas.

O maior macete do ônibus pra mim é usar os fones de ouvido e sempre ficar em lugares estratégicos. Sente perto da janela, assim se perceber movimentos suspeitos dentro do coletivo, dá tempo pra esconder surrupiadamente seu amiguinho eletrônico e quem sabe se safar de alguma eventualidade.

Caso você sente no banco do corredor, fique sempre atento quando o ônibus parar. Assim você percebe a movimentação e pode tentar se livrar de um problema.

[ATUALIZADO]

Sempre que sentar na janela do ônibus, mantenha fechada. Parece uma bobeira, mas em alguma parada você pode se distrair e algum carcará sanguinolento enfiar a mão pela janela e puxar seu video game pelo lado de fora. (dica enviada pelo Thiago Hayato)

Festas

As festas são um pouco mais complicadas, pois geralmente requer mais um pouco de atenção. Ninguém curte te convidar para uma festa e te ver jogando vídeo game enquanto todos se divertem. Se levar o portátil para uma festa, certifique-se que outras pessoas terão o mesmo para jogarem um on line Ad Hoc, mas faça isso discretamente.

Tem outro empecilho que são as crianças. Saiba que levando um vídeo game portátil para uma festa, é um convite a ter milhares de crianças ao seu redor tentando mexer ou pedindo pra jogar, principalmente se for festa infantil. Então larga a mão de ser fuinha e se divirta na festa.

Viajem

Outra situação perfeita e bem confortável para o seu portátil. Viagens de avião ou de ônibus interestadual são as situações perfeitas para se levar seu amiguinho. Mas fique ligado na sua bateria, existem ônibus ou aviões com entradas USB e em alguns casos até tomadas para carregar celulares. Então antes de começar a jogatina, verifique se existem essas entradas para que você não seja pego de surpresa no meio do caminho e perder aquele save ou partida que estava muito empolgante.

Sabemos que hoje em dia os smartphones são bem mais caros que os portáteis, chegando a custar o triplo do preço. Pode parecer bobeira, mas percebi que um vídeo game portátil, chama muito mais atenção das pessoas do que um celular caro, talvez por não ser tão comum no cotidiano das pessoas. Muita gente disfarça os celulares com capas, mas no caso dos portáteis é mais difícil de fazê-lo. Pego como exemplo o PS Vita e Nintendo 3DS XL. Por várias vezes as pessoas me perguntam “o que é isso ai?”. Percebo que chama muito atenção nesses casos, e elas ficam bem impressionadas quando você diz, “é um vídeo game portátil”, e se disser “É um PlayStation portátil”, nota-se um espanto maior de imediato. Ou seja, não é algo tão comum que as pessoas estejam acostumadas.

Então cuide bem do seu amiguinho portátil e com todos os cuidados, você poderá jogar sempre em todos os lugares que puder.

Deixe seu comentário sobre uma historia interessante que passou com seu amiguinho. E caso eu tenha esquecido alguma ocasião ou dica, não pense duas vezes, comente, a ideia é trocar experiências. Se tiver uma dica boa, vou atualizando a matéria e creditando a pessoa.


  • Ah, as dicas são bem legais. Eu adoro portáteis, mas dificilmente saio com um. O lance que mencionou de chamar atenção é incrível. Aqui em Salvador ninguém dá muita bola pra alguem jogando em smartphones ou tablets na rua, mas se sacar um console parece coisa de outro mundo, mesmo se for um simples PSP (sou pobre) por isso acabo jogando apenas quando estou em algum abrigo seguro.hehe

    • Eu jogo na rua cara. Mas só em locais seguros mesmo. As dicas que passei, são as que eu uso. Jogo em banco, ônibus, médico… mas sempre fico ligado no ambiente. E o que você disse é a pura verdade, se tiver com um smartphone de 4 mil e um PSP é capaz de roubarem o PSP rsrsrsrs

  • Thiago Hayato

    Uma outra boa dica é, se VC jogar no ônibus e estiver na janela, mantenha ela fechada pois VC pode se distrair durante uma parada e um larapio enfiar a mão pela janela e roubar seu querido amigo portátil. Já aconteceu com um amigo meu e n teve como ele fazer nada.

    • Ótima dica Thiago. Vou atualizar o post e incluir sua dica te creditando.

      Valeu demais a participação.

    • Caraca, parece ridículo, mas perdi um celular assim anos atrás. O pivete tava na traseira de um caminhão de lixo e puxou meu celular enquanto estava distraido (e cansado depois de um dia de trabalho e faculdade U_U) falando com minha namorada. Ainda o vi dando risada enquanto o carro se afastava.

      Nunca mais sentei do lado da janela U_U hehe

      • Sempre que tiverem dicas boas vou atualizar o post e creditar a pessoa.

  • Todas as dicas são ótimas, mas sacar um 3ds XL, seja lá onde for, chama muita atenção, há quem pense que é um notebook portátil! Se é que isso é possível kkkk

    • Rapaz eu jogo o PS Vita e o 3DS XL na rua. As dicas que dei são porque uso diariamente. Alias você terá um micro enfarte agora… eu levo o PS Vita r o 3DS XL na mochila e vou yrbalhar todo dia.

      Tendo cuidado da pra jogar na boa. Não pode é sair feito um ledado dããã por ai balançando os portáteis rsrsrsrsrs.

Passa o Controle