Passa o Controle #16 – É Briga de Rua ou Beat’em Up?

Hoje na Sala da Justiça Gamer do Passa o Controle, os Mestres Jedis Gamers Beto Costa Fm, Denis Blum, Andore F, Sandro Macena e Marcos Salsa, falam sobre os Beat’em Up’s. A chinela vai cantar hoje no podcast.!

Você saberá como ganhar presente numa festa e como não ganhar, entendera que game bom tem que ter palhaço pra apanhar. Curtira como um um simples Arcade pode virar uma febre. Se emocionará com um game de porrada onde se tem um motoqueiro estilo Village People.

PLAYER RAPIDO (Para ouvir em Pop Up vá até o 2 Player no final da página)

Reproduzir
Duração [01:34 – 65.00 MB]

Download / Alta Qualidade

LINKS CITADOS

LINKS DOS PARTICIPANTES:

MARCOS SALSA

SANDRO MACENA

ARTE DA VITRINE: Jefferson Peclat O Mago das Vitrines

AVALIE PASSA O CONTROLE NO Itunes

ASSINEM NOSSO FEED

CONTATOS

EMAIL: perdeu@passaocontrole.com.br

TWITTER: @poccast

FACEBOOK: Passa o Controle

Reproduzir

  • Considero os beat ‘em up de verdade quase que exclusivamente os dos arcades, que jogo muito em emuladores, mas joguei pouco nos arcades de verdade, e também as adaptações para 16 e 32 bits. Dos jogos originais para 32 bits poucos me marcaram, o que gostei mais foi o “minigame” dentro do Tekken 3, que comentaram. Um que gostei bastante também era o primeiro Fighting Force/Metal Fist. E infelizmente lembro tristemente do terrível Fantastic Four para PS1/Saturn.
    Depois dessa fase, em minha opinião, não dá mais para chamar de beat ‘em up. Não são ruins, muito pelo contrário, são ótimos, mas o 3D já muda muito o estilo e a experiência no jogo.
    Abraço e parabéns por mais um ótimo podcast.

    Danilo Fênix

    • Rapaz os Beat’em Up’s nasceram nos Arcades, mas tivemos bons games nos consoles. a geração 16 Bits nos deus Clássicos como o Streets Of Rage, TMNT IV, O Próprio Batman Returns do Snes é um Beat’em Up de Super Herói muito bom. A era 32 Bits já não tivemos muito clássicos, mas os citados no programa são muito bons. Eu sempre digo que mesmo não usando os punhos não curto usar esses termos novos para classificar games. Mas no final eu curto mesmo é sentar a chinela na fuça dos inimigos virtuais. Muito obrigado por estar participando dos comentário do cast, já esta se tornando parte da família Passa o Controle, um grade abraço!

  • Olá, galera do Passa o Controle.

    Eu adoro os jogos de Briga de Rua (prefiro chamar assim pra não atrapalhar a Nice com a expressão em inglês), formam um dos gêneros que mais gosto dos games. O primeiro que joguei foi Double Dragon 2 para o nintendinho, e assim joguei muitos dos citados no programa. E rapaz! Renegade eu nunca joguei, mas tenho lembrança da fase do metrô de quando o meu Turbo Game ainda era de meus primos mais velhos. Por comparação, com certeza não se comparava aos gráficos do arcade.

    Quanto ao tema de festas… eu tenho trauma do meu aniversário de 6 anos, porque fui parar no hospital depois de jantar e brincar correndo e rodando sei lá por qual motivo, e bati a minha cabeça na quina de uma parte anexa do armário que estava no chão. Quem ver de perto, mesmo com minha cabeça raspada, vai reparar uma falha. Isso sem contar ter visto um homem com o cérebro praticamente exposto na área de pronto-socorro e ter voltado para o meu bolo, e um garotinho filho da mãe que a minha avó tomava conta fez questão de apagar a minha vela e eu ali todo vulnerável… agora entendem como me tornei isso aqui. hahaha.

    Abraços e até a próxima.

    • Rodrigo Rufino, sempre marcando presença. Cara os jogos de Briga de Rua Clássicos com certeza sempre serão os melhores. Agradeço sempre o comentario e a participação.

      Grande abraço.

  • E aí, quando terminam essas férias do podcast? hahaha

    • Já, Já ta chegando o Passa o Controle 2014. A Galera vai curtir com certeza!

  • Fala galera do passando o controle, poderiam ter me chamado pra participar desse cast, tenho muitas histórias de fliperama, e esse Andore F,F de fanfarrão, abraços e continuem com o trabalho.

    • Fala Almir, valeu pelo comentário cara.

      A hora que você quiser participar os microfones sempre estão aberto para a galera gamer dar sua opinião. Me caça lá no Twitter ou Facebook que a gente marca.

      Grande abraço meu fiiii.

Passa o Controle