Swat invande casa de Jogador de “Counter Strike” após receber um trote

Parece que esta se tornando cada vez mais comum nos Estados Unidos passar trotes na SWAT, por lá isso é conhecido como  “swatting”. Aparentemente os jovens americanos acham simplesmente “divertido” ver a polícia levar todo um esquadrão e equipamentos pra averiguar uma denúncia séria, e acabam sendo feitos de palhaços, quando podiam estar cuidando de algo realmente sério.

Mais um jogador foi vítima dessa trollagem”, de extremo mal gosto,  enquanto transmitia ao vivo uma partida de “Counter-Strike”. O jogador de Denver identificado como Kootra, membro da equipe The Creatures, ouviu barulhos em sua porta e disse Eu acho que fui ‘swatted‘”, fazendo alusão aos trotes que são passados. Porém, alguns segundos depois agentes fortemente armados, invadem seu quarto rapidamente o rapaz que levanta as mãos de imediato, e segundos depois é imobilizado e colocando no chão.

Nota-se que o rapaz fica atônito com a situação e parece que ri de nervoso. Um dos oficiais pergunta para ele, depois de algemado e de joelhos, “Está achando isso engraçado?“. Sem ação alguma, ele responde O quê? Eu não estou fazendo nada de engraçado.

Após ser revistado e posto em uma cadeira algemado, o rapaz conta que estava ao vivo na internet e que tinha pessoas assistindo. Rapidamente, um dos policiais desativa a visão da câmera porém o som continua por alguns tempo.

Após as revista na casa foi constatado que o o rapaz foi mais uma vítima do swatting”, sendo liberado. De acordo com uma reportagem feita no local, todo o prédio foi evacuado, e esquadrão policial armado tomou todo o estacionamento. O edifício fica perto da Columbine High School, onde rolou um massacre em 1999.

Veja o video completo da abordagem ao jogador.

Parece que cada vez mais os jovens perdem o senso da realidade do que é certo e errado. Felizmente ninguém se feriu, mas e se acontece algo mais sério?

Opine nos comentários.

Fontes: Uol Jogos


Passa o Controle