Titanfall vai impulsionar vendas do Xbox One, diz vice-presidente da Microsoft

Phil Harrison, vice-presidente da Microsoft para a divisão de games, afirmou que o lançamento de Titanfall vai impulsionar as vendas do Xbox One, console da nova geração da empresa. “Titanfall é algo novo, impactante, e diferente de tudo o que eu já vi antes”, afirmou Harrison em entrevista à MCV.

“Estou confiante que esse jogo será um grande, grande vendedor de console. Cada geração [de consoles] tem um jogo que explode de uma maneira poderosa, e atualmente eu acho que Titanfall tem essa chance”, disse na entrevista à MCV.

Realmente há uma grande expectativa para o lançamento de Titanfall, um jogo de tiro em primeira pessoa com robôs gigantes voltado para o mercado multiplayer. O beta do game funcionou até o meio desta semana e deixou muita gente animada, mas também vários críticos, especialmente em relação aos bots que acompanham todos os jogos em rede.

O Pedro Falcão conversou nesta semana com jogadores e YouTubers que já testaram Titanfall para entender como o jogo pode mudar o cenário dos shooters em primeira pessoa:

No papo dos jogadores, rola uma sensação de que Titanfall é que nem berinjela: ou você curte, ou você curte odiar. De um lado, as pessoas do PC e do Xbox One, que acumulam horas jogando a prévia, lançada na derradeira sexta-feira, dia 14, e enchem redes sociais e vídeos no YouTube com elogios emocionados. Do outro, vemos uma galera que se recusa a entrar no trem da empolgação reservado ao jogo, e mantém um certo pessimismo (ou cinismo, no caso daqueles que nem mesmo jogaram o beta) em relação ao impacto do seu lançamento, aguardado para 11 de março.

Titanfall será lançado para PC e Xbox One no dia 14 de março. Uma versão para Xbox 360 será lançada no dia 28 de março. Para aumentar ainda mais o hype sobre o jogo, haverá uma campanha publicitária na TV e em cinemas dos Estados Unidos, além de uma promoção em massa do game nas redes sociais e no dashboard do Xbox One.

Via Kotaku


Passa o Controle